terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Manja que te fa bene!

Retirado da Wikipedia: "Carbonara ou spaghetti alla carbonara é uma receita tradicional italiana de massa. O seu nome é derivado da palavra italiana carbone, que significa carvão. Acredita-se que tenha sido uma receita apreciada pelos preparadores de carvão vegetal dos montes apeninos, na região italiana da Úmbria. Outras teorias apontam, por outro lado, que o nome se deve apenas à cor escura da pimenta preta recém móida, que usada na sua preparação.

Como o nome deriva da palavra italiana para carvão, alguns acreditam que tenha sido uma refeição suculenta para os trabalhadores do carvão na Itália. Outros dizem que antigamente era feita sobre grelhadores de carvão. Ainda outros sugerem que as manchas pretas de toucinho e pimenta se assemelham a pequenos pedaços de carvão, o que poderia explicar o nome. Também foi sugerido que poderia ter sido inventado pelos membros da Carbonária, uma sociedade secreta italiana."

A receita de Spaghetti Alla Carbonara que vou postar aqui, é a original, feita com ovos que irão dar a cremosidade à massa. É um prato muito simples de fazer e bem delicioso, ideal pra quando você está sem vontade de fazer nada (como hoje) com esse calor insuportável (porém delicioso) que está fazendo.



Ingredientes:

350 g de spaghetti grano duro
150 g de bacon
2 colheres de azeite extravirgem (acidez 0,5%)
100 g de queijo pecorino (eu usei o parmesão por ser mais fácil de encontrar)
1 ovo
4 gemas
Pimenta preta moída na hora q/n (quantidade necessária)

Modo de fazer:

Corte o bacon em cubos e frite-o numa frigideira com o azeite extravirgem, até que fique bem crocante. Num bowl, bata as gemas e o ovo, adicione o queijo ralado e a pimenta moída na hora.

Cozinhe a massa até ficar "al dente", mais ou menos uns 5 minutos. Coloque o bacon no bowl junto com a mistura de gemas, ovo e queijo e misture bem.

Escorra a massa e transfira para o bowl mexendo para incorporar bem e dar cremosidade. Sirva em seguida.

Essa é a tradicional receita de Carbonara, legitimamente italiana. Podem ser encontrados outros ingredientes, mas com esses já é possível experimentar o que os trabalhadores das minas de carvão já sabiam a muito tempo atrás. Trata-se de uma delícia!

Gostou? Compartilhe.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Lombo assado com lentilha

Essa foi uma receita que eu fiz a algum tempo já, num sábado como esse. Era um dia lindo, solzão. Resolvi pegar meu livro de receitas e por a mão na massa. No começo, o pessoal aqui ficou meio descofiado, pois essa é uma receita que leva ESPUMANTE. "Mas vai ficar bom com a carne????". Veja abaixo e tire suas próprias conclusões

Ingredientes:

4 cebolas cortadas em oito
4 dentes de alho picados
225 g de lentilhas deixada de molho
500 ml de espumante seco
Salsa picada
Sal e pimenta-do-reino moída na hora
450 g de lombo de porco
Molho de pimenta (opcional)*




Modo de fazer:


Preaqueça o forno a 180 graus. Coloque a cebola e o alho numa assadeira média e junte as lentilhas e metade do espumante. Acrescente a salsa e tempere bem com sal e pimenta.


Faça 4 talhos diagonais no lombo e arrume sobre as lentilhas. Regue com o molho de pimenta (se quiser) e leve ao forno. Depois de 1 hora, regue o espumante restante e asse mais 1 hora. Se a carne estiver dourando demais, cubra com papel-alumínio. Se as lentilhas começarem a secar, adicione um pouco de água quente.


Retire a carne da assadeira e reserve por 15 minutos aquecida. Fatie e sirva com as lentilhas.

*Molho de pimenta dedo de moça (opcional)

15 pimentas dedo de moça (cortar e tirar a semente)
1/2 copo de azeite extravirgem (acidez 0,5%)
2 cebolas grandes picadas
3 tomates cortados sem semente
2 copos de vinagre branco
3 colheres de sal

Modo de fazer:

Bata tudo no liquidificador. Coloque em um recipiente de vidro e conserve na geladeira.

Obs.: Se quiser um molho mais forte, não tire a semente da pimenta

Gostou? Compartilhe.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Ah! A Índia...


“A culinária  da  Índia é mais que uma necessidade; é mais que uma arte; é  um ato de devoção ! A mais antiga e tradicional cultura espiritual  do mundo releva  à  arte da  cozinha um método  de elevação espiritual.  O  ato  de  cozinhar, é  feito como  uma  oração  e  antes   de   ser  consumido,  o  alimento é   oferecido  em comunhão ao Supremo,  geralmente   em  um altar  doméstico, com  devoção  e amor. Após  essa  oferenda, o alimento torna-se prasadam (misericórdia). Só então será compartilhado por todos.  A  dieta indiana  é  majoritariamente vegetariana  e a  arte  de combinar  os  alimentos  com  diferentes temperos  e  especiarias sempre  foi  um  motivo de  pesquisa  e  fascínio  desde  muito  tempo, quando  todos  os povos acorriam  à  Índia  por  suas  riquezas  e especiarias. Outro  aspecto  interessante, diz  respeito  ao  ato  de comer com as  mãos. Segundo a  milenar  medicina Ayur-védica, a  digestão  não  começa  na  boca,  quando  o alimento  entra em contato  com  a  saliva   e  suas  enzimas,  mas   quando   entra   em  contato  com   as  pontas  dos dedos. É    que  a energia  sutil  presente  nos  alimentos  é “digerida”, isto  é,  entra  em  harmonia  com  nossas  energias e todo um processo de ressonância e absorção tem  início. Com isso a  digestão e aproveitamento dos nutrientes faz-se de forma mais rápida e eficiente. Para que  essas energias sejam bem  aproveitadas, as mãos e os dedos assumem  elegantes posturas,  mudras,  no  ato  de pegar e conduzir  os  alimentos  até a  boca, incorporando, também, ao ato  de  comer, elementos estéticos.  Este é   um   breve  relato, do que  vem  ser  a arte  e  ciência  de bem  se alimentar, como preconizada na milenar  cultura   espiritual  da  Índia  antiga.” fonte: http://www.ideariumperpetuo.com/culinaria_indiana.htm

Depois da breve aula de história, vamos ao que interessa. FRANGO AO CURRY (com um toque do chef)


Ingredientes:

500g de peito de frango cortados em cubos
1 cebola média picada
2 colheres de sopa de óleo
2 colheres de sopa de curry em pó
1 xícara de suco de laranja
150g de queijo cream cheese
Sal e pimenta-do-reino à gosto

Modo de preparo:

Tempere o frango com sal e pimenta-do-reino. Em uma panela, acrescento o óleo e doure o frango. Dica: Não mexa o frango, para que não solte tanta água. Quando você virá-lo de lado e dourar de forma homogênea, dê uma leve salteada. 

Acrescente a cebola e doure-a. Em seguida o curry, misturando aos poucos. Misture o suco de laranja, deixe-o ferver e reduzir um pouco. Em seguida, acrescente o cream cheese (a receita original pede creme de leite) e misture até homogeneizar. Sirva com arroz basmati e depois me conte o que achou.

Gostou? Compartilhe!


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Yakissoba!

Uma das delícias da cozinha chinesa e um prato tão difundido por nosso país, o Yakissoba conquistou um lugar de prestígio em nosso paladar. É um prato fácil e nutritivo, porém leva um tempo para fazê-lo passo a passo. E ontem (31/01/2012) minha noiva resolveu que tava com vontade e foi pra cozinha. Panela Wok a postos e ingredientes comprados, mãos a obra.




Ingredientes:

500 g de peito de frango
01 unidade de acelga
01 unidade de brócolis
01 unidade de cenoura
01 pimentão vermelho
01 pimentão amarelo
01 cebola média
100 ml de shoyu
100 ml de água
01 colher (sobremesa) de amido de milho
01 dente de alho grande
200 g de macarrão pra yakissoba
Óleo de girassol ou gergelin


Modo de preparo:

Corte o frango em cubinhos. Corte a cenoura, os pimentões e a acelga em julienne. Corte o brócolis em cubos. Corte também a cebola em tiras largas. Prepare o molho colocando água, amido de milho e shoyu e misture bem.

Na panela wok frite o frango por 1 ou 2 minutos em óleo e reserve. Frite a cebola e o alho até ficarem levemente douradas e reseve. Frite a cenoura com os  pimentões e reseve. Depois, frite a acelga e reserve. Não esqueça de colocar sempre um fio de óleo. Faça o mesmo com o brócolis. Na mesma panela, cozinhe o macarrão até dar o ponto (por volta de 04 minutos). Após isso, escorra e frite na wok por aproximadamente 01 minuto. Adicione os ingredientes e vá mexendo para incorporar à massa. Regue com o molho preparado até incorporar. Pronto. Taí uma receita bem simples mas definitivamente saborosa.

Parabéns a minha noiva Shaiane Perez que o fez e ficou maravilhoso.

Gostou? Compartilhe

Hoje é dia de carnê, bebê!

Bom dia. Apesar do desaparecimento repentino, estamos de volta para mostrar nossas aventuras culinárias. Tiveram vários experimentos esse fim de ano, entre muitos outros acontecimentos. Bem, aos poucos vou postando as receitas, tudo bem?

Bem, pra começar, uma receita de lagarto. Isso mesmo. Mas não aquele que anda por aí, e sim uma peça de carne bovina (UFA!). Esta receita eu testei aqui em casa e ficou muito legal, a galera comeu tudo (literalmente). Veja aí:



Ingredientes:

- 01 lagarto de 1,5 kg
- 02 cebolas raladas ou passadas no processador
- 02 xícaras (chá) de suco de laranja
- 02 colheres (sopa) de açucar
- 03 colheres (sopa) de manteiga
- 01 pacote de creme de cebola

- 02 colheres (sopa) de extrato de tomate
- 01 lata de creme de leite fresco
- 300 g de mussarela cortada em fatias grossas
- Sal e suco de 01 limão.

Modo de preparo

Tempere a carne com sal e o suco de limão. Na panela de pressão, derreta a manteiga, junte a cebola até dourar. Junte o lagarto e sele a carne. Junte o suco de laranja e cozinhe por 5 minutos. Feche a panela e cozinhe a pressão por 50 minutos. Deixe a pressão sair, retire a carne, coloque em uma travessa e reserve.

Dissolva o creme de cebola no caldo do cozimento da carne e deixe ferver. Adicione o açucar e o extrato de tomate e deixe cozinhar até engrossar. Retire do fogo e misture o creme de leite. Fatie a carne em postas, mas sem chegar ao fim. Entre as fatias coloque a mussarela e por cima despeje o molho. Leve ao forno e deixe o queijo derreter.

Só fazendo em casa pra vocês saberem o sabor dessa carne, uma delícia.

Gostou? Compartilhe.